Translate

Sunday, September 14, 2008

CANTO AO CARNAVAL


1
Nossos sonhos
nossas gentes
nossas vidas
sempre adiadas para depois
e o amanhã que é sempre amanhã

Com Angola em paz
nossos filhos querem ver
a sombra eterna dessa árvore
que está crescer
e os frutos lindos dessa flor
a desabrochar
Viva o carnaval

CORO
No carnaval nossa fama
Ultrapassa a capital
Desça à marginal
Viva o carnaval
Nossa cultura popular

2
Na marginal toda a vénia
é só para nós (nome do grupo)
da Ingombota, Cazenga e Rangel
Todo povo Xtá aqui
P'rá aplaudir (nome do grupo)
Dessa vez nosso grupo é melhor
e quem aposta perderá

CORO
No carnaval nossa fama
Ultrapassa a capital
Desça à marginal
Viva o carnaval
Nossa cultura popular

Luciano Canhanga

1 comment:

lili laranjo said...

gostei,
fico a ver Angola através de letras...mato saudades do meu kimbo.
tenho 4 livros de poesia e Africa está tbm lá...

ANGOLA COM CHUVA

Angola
Angola linda…
Angola feiticeira…
Com o teu feitiço…
E com tudo que é teu…
Hoje…
Recordo a tua chuva…
Chuva que veio…
Com força…
Com bater…
E que durou…
Apenas cinco minutos…
Cinco longos minutos…
Que se transformaram …
Logo em sol…
Sol quente…
Que seca…
E que deixa marca…
Deixa o teu cheiro…
E no chão…
O cheiro do barro…
O cheiro que entrou…
Dentro de mim…
E toda a vida …
Me vai perseguir…

(ontem em Angola choveu)



Lili Laranjo

http://africaempoesia.blogspot.com/

se me autorizar gostava de colocar o seu blogg nos meus favoritos...