Translate

Sunday, September 17, 2006

CONFESSO


Ontem
Passei pela vida apressado
como o prazer orgâsmico
duma deslealdade consentida

Hoje
O arrependimento pela vida sem rácio
a digestão do fel camuflado no mel
e os ferimentos contraídos na pressa

Amanhã
A escola que não fui
nos dias de euforia descuidada
e o repúdio pelo exemplo que não dei

Luciano Canhanga

2 comments:

Anonymous said...

Gostei muito. Palavras sábias. :)

Olho Atento said...

Obrigado.